2019.03.02

Lustre: Braga

TEXTO

Natural da cidade do Porto. Skipper de profissão. Sou uma miúda eclética, com diversas paixões. Amo artes nas suas mais variadas formas. Escrever e ouvir música fazem-me tanta falta quanto o ar que respiro. Não sei não o fazer. Também não consigo definir um estilo musical que aprecie mais do que outro. Ouço tudo, basta que seja bom.

FOTOGRAFIA

Nascido a 30/06/1995. Licenciado em Ciências da Comunicação na UMinho e a frequentar o mestrado no mesmo curso e mesma universidade. Um homem do Minho, bem influenciado pelo rock que se anda a mexer por cá. Os pais queriam que seguisse a música clássica, mas achei também vale a pena escrever e fotografar sobre moshes. No fim de contas, Beethoven e SHAME são igualmente bonitos.

Corona: já provou a fama, a decadência, o empreendedorismo, o lenocínio e o sabor da chantagem. Já travou conhecimento com grandiosos players da noite e dos negócios ilícitos da baixa Portuense. Infelizmente (e apesar da sua proatividade) a vida não lhe tem corrido de feição. Depois da sua incursão pelo mundo do alterne em 2016 (relatada no aclamado “Cimo de Vila Velvet Cantina”), circunstâncias de negócio (e também a gentrificação vivida na baixa do Porto) empurraram-no para outro ecossistema: o dos arredores do Grande Porto. E é junto à mítica rotunda de Santa Rita – onde uma igreja e um convento coexistem lado a lado com uma Repsol, um McDrive e um mítico restaurante em horário 24/7 -que o grande Corona inicia o seu próprio culto, espalhando a sua doutrina e curando almas perdidas a partir daquele enclave místico na junção dos terrenos sagrados de Águas Santas, Ermesinde, Valongo e Baguim do Monte.
Santa Rita Lifestyle é a glorificação de Valongo, Ermesinde, Gaia, Trofa, Santo Tirso, Gondomar, Vila do Conde e até de Rio Tinto. Santa Rita Lifestyle é a religião onde as missas são substituídas por idas às bombas num Civic às duas da manhã para tomar café e fazer a rotunda de gazão com as sapatas a “poliçar”. Santa Rita Lifestyle é o sangue de Corona que será derramado sobre vós, agora e para sempre, ámen.