BAD BUNNY é a primeira confirmação para o 24º MEO SUDOESTE

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

O novo ano está à porta e esta é a altura ideal para começar a pensar em mais uma edição do Meo Sudoeste. As agendas de 2020 já estão preparadas para receber as datas, e a receita mantém-se inabalável: amigos, praia, campismo, um ambiente que não se esquece e a música do momento, a combinar com o bom espírito que se vive na Zambujeira do Mar ao longo de uma semana de férias. A aposta na música latina, em conformidade com a temperatura do festival mantém-se na próxima edição do MEO Sudoeste. Bad Bunny, um dos nomes mais sonantes do momento, promete trazer toda a sua energia a Portugal no verão de 2020.

Bad Bunny é um dos nomes mais fortes da música latina da atualidade. Desde que entrou em cena, em 2016, o cantor, rapper e produtor porto-riquenho está na linha da frente das novas tendências da música urbana com sabor latino. E essa sua fama começou mesmo antes da edição de um disco, o que torna o percurso deste jovem músico ainda mais impressionante. Bad Bunny nasceu em 1994, com o nome de batismo Benito Antonio Martínez Ocasio. O pequeno Benito começou a cantar com apenas cinco anos e desde esses primeiros momentos levou a musica muito a sério, recebendo, ao longo dos anos, influências de nomes como Héctor Lavoe, Vito C, Daddy Yankee e Marc Anthony. Estudou comunicação audiovisual em Porto Rico, começou a trabalhar num supermercado e nunca desistiu de fazer a sua música durante a noite, publicando as primeiras canções no SoundCloud. Temas como “Diles”, “Soy Peor” e “Pa Ti” mostraram ao mundo que este jovem de Porto Rico vinha para deixar a sua marca. No ano de 2018, o seu nome apareceu por quatro vezes no top de singles mais vendidos, alcançando a primeira posição com o tema “I Like It” da rapper Cardi B, também com a participação de J Balvin. O seu disco de estreia, “X 100PRE”, também editado em 2018, alcançou o primeiro lugar na tabela de discos mais vendidos do universo latino. O sucesso comercial de Bad Bunny deve-se à sua energia contagiante e uma abordagem eclética, capaz de misturar soul latino, pop, r&b, reggaeton e uma série de outras matizes musicais, sempre ao serviço de um largo espectro de emoções, do amor à raiva, às vezes dentro da mesma canção. Músicas como “Mia”, com a participação de Drake e com mais de 900 mil visualizações no YouTube, asseguram um concerto inesquecível no Palco MEO do 24º MEO Sudoeste.

A 24ª edição do MEO Sudoeste está de volta à Zambujeira do Mar entre os dias 4 a 8 de agosto de 2020 e o MEO antecipou o lançamento do Pack Tribo MSW, exclusivo MEO da edição de 2020 do maior Festival de verão.

NOVAiDS White-01