GABINETE DE IMPRENSA

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Best Youth a ‘Dar Letra à Música’ no Museu

Dia 21 de fevereiro, a dupla ‘indie pop’ portuense Catarina Salinas e Ed Rocha Gonçalves é a convidada num serão de entretenimento puro. Canções e estórias para ouvir no evento onde o humor também nunca fica à porta.

A participação no ‘Dar Letra à Música’ é um reencontro dos Best Youth com o universo azul e branco, mas a experiência vai ser diferente da atuação na Gala dos Dragões de Ouro de 2015, quando fizeram parte de um cartaz que incluiu outros nomes de referência da música nacional, alguns já com passagens nestes serões de entretenimento puro do Museu, como Jimmy P., The Black Mamba ou David Fonseca.

Desta vez, a música cruza-se com a conversa e as boas provocações da dupla de apresentadores do evento. Um desafio bem à medida dos Best Youth, que têm mesmo tudo para conquistar o palco do ‘Dar Letra à Música’. O histórico da banda ajuda a perceber a ideia: em 2011, o EP de estreia ‘Winterlies’ foi a base sólida para uma galopante afirmação, a partir de 2012, através do hit ‘Hang Out’, vencedor nos tops das rádios nacionais, seguido de participações em festivais de peso, casos do Primavera Sound (Porto), Sudoeste e Paredes de Coura.

Conjugadas as primeiras verdades inatacáveis sobre os Best Youth, o caminho da banda passou pelo estrangeiro e levou ao regresso inevitável a estúdio, em 2015, para a gravação do primeiro álbum, ‘Highway Moon’. Depois, houve mais estrada, mais cartazes de luxo e um single, ‘Renaissance’, que deu origem a um videoclip aclamado.

O ano de 2018 trouxe ‘Cherry Domino’, outro senhor LP, que mantém a dupla portuense no topo do bolo e num momento ainda mais perfeito para… ‘Dar Letra à Música’. O evento é uma organização do Museu FC Porto, em parceria com a Associação Sótão Paralelo (“Conta-me Histórias”), sujeito à lotação da sala.