Os T4X1 ainda estão para as curvas

727

Foram conhecidos como os TAXI. Agora, sob o nome T4X1, João Grande e Rui Taborda voltam para os palcos com a mesma paixão, para mostrar que as viagens ainda são como costumavam ser.

Texto e Fotografia: Nuno Machado

Foi no plano das Festas em honra à N, Srª da Ajuda, em Espinho, que os atuais T4X1 vieram matar as saudades de casa. A tocar no Norte, em terra de grande significado pessoal para João Grande, foram lembrados os longos verões que, juntamente com Kalu dos Xutos & Pontapés, passou numa casa da Rua 4.

O público esperou junto à praia, numa noite fria. Era a noite do fogo de artifício e, por conseguinte, juntou-se o útil ao agradável. Sim, quem lá estava, era para lembrar a banda que parou de tocar em 2010.

Por questões legais de pouca importância (para o mundo do espetáculo), subiram ao palco os T4X1. João Grande comanda as tropas e Rui Taborda marca o passo para uma viagem inesquecível. Nomes à parte, começaram em terras egípcias. Do Cairo, sofreram ao som de TVWC até chegarem à casa da Rosete. Sinceramente, É-me igual que toquem uma ou outra música, desde que as toquem todas (diziam no público).

Os trocadilhos com o alinhamento são fáceis. Fácil foi também atuar para aquele público maravilhoso que desde sempre acarinhou os mais antigos, mas também soube dar as “boas-vindas” a Ricardo Cavalera e Nelson Funky nas guitarras e a Hugo Pereira, o novo baterista.

O novo quarteto nasceu para conquistar. Nunca esquecendo as raizes do rock nacional, os T4X1 não pretendem fazer esquecer os antigos TAXI. Em vez disso, estão aqui para dar continuidade a uma sonoridade muito própria que deixou saudades. É notório pela sua presença em palco; foi notório na forma como foram recebidos (e acompanhados) pelo público presente na praia de Espinho. Houve ainda tempo para a presença especial da Cristiana Santos no tema Meu Manequim. Presença que foi repetida durante o encore com Cairo, e Chiclete.

Esta nova banda com largos anos de experiência decidiu voltar. Fê-lo em grande e, muito em breve, pais e filhos estarão juntos a “curtir” um som antigo, mas sempre atual!

Obrigado ao João Grande e ao Rui Taborda que decidiram não deixar morrer definitivamente um grande nome do rock português. Pela amostra, os voos vão ser bem altos.

T4X1 – galeria completa AQUI