GABINETE DE IMPRENSA

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Ferlo Music – um som português amadurecido no Canadá

Depois vários anos no Canadá e de aí ter lançado o seu primeiro trabalho, Ferlo está de volta a Portugal e prestes a lançar o seu novo EP Double ‘R Nothing. O single de apresentação All We Want já foi lançado e merece ser conhecido.

Fernando Lourenço ou melhor Ferlo apresenta oficialmente no próximo dia 7 de Fevereiro o seu mais recente trabalho discográfico, o EP Double ‘R Nothing. Depois do seu primeiro álbum Out Of Place, disponível no seu site oficial www.ferlomusic.com , no soundcloud, no spotify e outras plataformas, este EP será o seu trabalho de confirmação.

Ferlo, Fernando Lourenço nasceu em Portugal nos anos setenta, mas cedo emigrou para o Canadá. Lá descobriu a acústica norte-americana de compositores como Leonard Cohen, Neil Young and Joni Mitchell e a melodia folk / blues das suas guitarras cativaram o seu lado mais suave.

Diz-nos muito seguro de si com orgulho entrecortado com uma grande dose de humildade, mostrando-nos toda a sua paixão pela música que “aos treze anos peguei pela primeira vez numa guitarra e rabisquei a primeira de centenas de músicas que escrevi desde então. Ensinei-me a tocar e daí aprendi a compor, estratificar e a produzir música por conta própria”.

No seu percurso de aprendizagem desde a adolescência até aos vintes as suas principais influências vocais foram artistas como Elliott Smith, Nick Drake e Jeff Buckley e ajudaram a moldar o som que tem hoje.

Desta forma podemos hoje enquadrar o seu estilo musical dentro das categorias Cinematic/Folk, Alternative Pop Rock e Electronic/Indie. Mas para além de rótulos Ferlo afirma “A música é mais do que uma paixão para mim, é simplesmente um estilo de vida”.

O segundo trabalho musical de Ferlo vai ser lançado no dia 7 de Feveriro de 2019 e a avaliar pelo single de apresentação All We Want , que já se ouve no canal de Youtube do artista, este EP Double ‘R Nothing vai ser algo que todos queremos ouvir.