Gabinete de Imprensa

Holy Motors em Portugal

A cidade do Porto irá receber, a 9 de Janeiro, os Holy Motors, um quinteto nascido em 2013 e originário de Tallinn, na Estónia. O concerto está agendado para as 21.30 horas, no Hard Club – sala 2.

A banda pinta cenários melancólicos, onde se escuta a voz etérea de Eliann Tulve em permanente diálogo com as guitarras lamuriantes de Lauri Raus, Hendrik Tammjärv e Gert Gutmann. As letras evocam as circunstâncias melancólicas das terras do sol da meia noite, onde a luz é obrigada a hibernar durante o Inverno. “Slow Sundown” nasce, assim, como um disco com belas canções, a recordar os ambientes tristes de bares abandonados à beira da estrada, onde almas perdidas vagueam à procura de conforto e de calor. Chris Isaak bem podia ter sido o padrinho da banda…

Após dois EPs “Slow Sundown” é o primeiro álbum dos Holy Motors. Foi gravado nos estúdios Kutch1, em Brooklyn, Nova iorque e produzido por Carson Cox, dos Merchandise. A banda cujo nome se inspirou no filme homónimo de Leos Carax, encontra-se em tournée e é nessa condição que vem à cidade Invicta apresentar aquele seu trabalho que tem merecido rasgados elogios. O site Pitchfork caracterizou o som dos Holy Motors como “rock psicadélico que chega como um sonho, mas que procura ser a banda sonora de pesadelos” como os da série “True Detective” ou dos filmes de David Lynch.

» Holy Motors é mais um concerto da produtora portuense Mr. November, que continua a apostar na divulgação de música com personalidade, navegando nas ondas indie e dream pop.