Júlio Resende com “Fado Ensemble” no Caixa Alfama - Imagem do Som
18278
post-template-default,single,single-post,postid-18278,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,footer_responsive_adv,qode-theme-ver-11.2,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.2.1,vc_responsive
 

Júlio Resende com “Fado Ensemble” no Caixa Alfama

No dia 16 de Setembro, o Palco Ermelinda Freitas, no Largo das Alcaçarias, recebe uma vontade de levar o Fado para outros universos, com a ousadia de Júlio Resende.

A contagem decrescente continua e já faltam poucos dias para a edição deste ano do Festival Caixa Alfama. Nos dias 15 e 16 de Setembro, o Fado desfila por um dos bairros mais típicos de Lisboa, e nomes como Marco Rodrigues, Marina Mota, António Zambujo ou Gisela João garantem tradição e inovação em igual medida, ingredientes essenciais para cozinhar o melhor Fado da atualidade.

Uma das provas de que o Fado vive, de facto, um momento efervescente é o interesse crescente de músicos vindos de outros territórios musicais. O melhor exemplo disso é Júlio Resende. Depois do sucesso do disco “Amália por Júlio Resende”, a paixão do pianista pelo Fado não arrefeceu e o músico prepara agora um espetáculo inédito para o Festival Caixa Alfama.

“Fado Ensemble” é um projeto que multiplica as possibilidades musicais do Fado a partir do piano, violoncelo, bateria e percussões. Às vezes, de surpresa, como no destino,  aparecem convidados para se juntar à festa; às vezes não. Mas o mais importante é que este Fado é livre e espontâneo, com garra, folia e força suficiente para expressar as alegrias e as aflições presentes na vida – e também no Fado.