Mayra Andrade esgota Capitólio e anuncia data extra no dia em que lança o novo álbum “Manga”

“Manga” é o 5º longa-duração de Mayra Andrade e já se encontra disponível nas lojas e em todas as plataformas digitais. A digressão europeia de apresentação já passou por Londres e tem ainda datas agendadas em Berlim e Paris, onde actua no prestigiado La Cigale, antes de regressar a Lisboa, para dois espectáculos no Capitólio dias 1 e 2 de Março. A primeira data já se encontra esgotada. A procura foi tanta, que a artista decidiu fazer uma segunda data no dia 2 de Março.

5 anos após a edição de “Lovely Difficult”, a artista abraça uma nova sonoridade em “Manga”, misturando afrobeat, música urbana e ritmos tradicionais cabo-verdianos. Mayra Andrade nunca soou tão actual, sem perder as suas raízes num álbum cantado em português e crioulo de Cabo Verde, gravado entre Paris (França) e Abidjan (Costa do Marfim).

Para alcançar a nova abordagem criativa, Mayra convidou Kim Alves, seu amigo e músico, e Akatche, talentoso beatmaker, a participarem neste trabalho. Romain Bilharz, que já trabalhou com Stromae e Feist, e 2B, beatmaker próximo da música urbana de Abidjan e Dakar, são os dois co-produtores do disco.

Este disco, conta com a presença de alguns músicos da composição das músicas que fazem parte do mesmo. João Gomes marca presença no instrumental de “Limitason”, “Terra da Saudade” tem letra e música de Luísa Sobral, e o tema “Guardar Mais” é da autoria de Sara Tavares. A música “Badia” tem letra de Cachupa Psicadélica.

Notoriamente ausente do panorama musical nos últimos cinco anos, Mayra Andrade está de volta com um novo álbum notável. Neste disco, mergulha profundamente na música da sua ilha nativa de Cabo Verde, reinventando-a com uma nova inspiração rítmica.