anavitoria

“O tempo é agora”- Anavitória no Coliseu do Porto

“O tempo é agora”- Anavitória no Coliseu do Porto

Isabel Mesquita
Isabel Mesquita
De gosto muito eclético adora conhecer e experimentar coisas novas. Interessa-se pelas mais variadas formas de arte. Tem sempre vários livros na mesinha de cabeceira...pelo menos um de poesia.
Vieram do Brasil para 3 concertos, dia 23 de Janeiro no Coliseu dos Recreios em Lisboa, dia 24 no Coliseu do Porto e no próximo dia 26 no Theatro Circo em Braga para promover o segundo e último álbum “ O Tempo é agora” lançado em 2018.

Um pouco depois da hora marcada começa a contagem regressiva para o concerto da Anavitoria no coliseu do Porto. A sala está quase cheia mas ainda estão pessoas a chegar. Eis que surgem em palco descalças, Ana vestida de branco e Vitória de preto com sorrisos de orelha a orelha a saudar o público «Pooortooooo!»

© Teresa Mesquita

Ana Caetano e Vitória Falcão compõem a dupla Anavitória. Vivem em São Paulo mas são naturais do interior do Brasil e as suas músicas falam abertamente de amor sem rodeios num registo que concilia os mundos folk e pop. Conheceram-se na escola mas só mais tarde, na Universidade, se reencontraram. Ambas com influências musicais na família começam a colocar vídeos no Youtube por brincadeira. Em pouco tempo conseguiram um álbum de sucesso “Anavitória”-2016 e um Grammy de melhor canção em língua portuguesa em 2017 com “Trevo” com a participação de Tiago Iorc.

Vieram do Brasil para 3 concertos, dia 23 de Janeiro no Coliseu dos Recreios em Lisboa, dia 24 no Coliseu do Porto e no próximo dia 26 no Theatro Circo em Braga para promover o segundo e último álbum “ O Tempo é agora” lançado em 2018.

Ouve-se o primeiro verso «Caminho pelo mapa de ponta a ponta, procuro de ponta a ponta você…» da música “Canção de Hotel” com o público a fazer refrão «me encontra…». Estava a sala toda em harmonia e união com as letras bem sabidas para não desapontar.

© Teresa Mesquita

Continuam o concerto com “Dói sem tanto” e em seguida “ Porque eu te amo” que o público acompanha com aplausos ritmados.

Vitória pergunta: «Oi Porto, tudo lindo com vocês? Lisboa foi tão lindo ontem…». Depois Ana revela « Porto foi a primeira cidade que conheci em Portugal», «Vamo se entregar? Vamo cantar muito?»

Começam os acordes de “Fica”, do álbum de estreia homónimo lançado em 2016, com o público a cantar em coro. A seguir vem “Preta” e “Singular”, claramente uma das preferidas dos fãs.

Depois de “Pra me refazer” vem o tão esperado “Trevo” com o convidado especial Diogo Piçarra cantado a plenos pulmões pelo público. Num platô de emoções foi um desfilar de sucessos“ A gente Junto”, “Cor de Marte”, ”Agora eu quero ir”, esta última que soma mais de 77 milhões de visualizações no Youtube.

© Teresa Mesquita

Num momento mais intimista a banda sai de palco e fica o duo com o órgão e cantam “Coração Carnaval” e “Cecília”.
Seguem-se vários êxitos: “Calendário”, ”Chamego meu”, “Clareiamor” .

Começa o princípio do fim…o duo agradece «muito» a Portugal e começa a cantar «Meu amor, eu vivo no aguardo, de ver você voltando…», do tema “Ai amor. O coliseu vai ao rubro!

Com o público todo de pé emocionado a cantar e a dançar desaparecem do palco com a banda ainda a tocar.
Ficam os fãs inconsoláveis sempre a pedir mais e a bater palmas para convencer o duo a voltar. Para o encore estavam reservados 2 temas: o primeiro“ Dê um rolê” de Pitty e por último “O tempo é agora” fechando uma noite ímpar.

Anavitória – galeria completa

Isabel Mesquita
Isabel Mesquita
De gosto muito eclético adora conhecer e experimentar coisas novas. Interessa-se pelas mais variadas formas de arte. Tem sempre vários livros na mesinha de cabeceira...pelo menos um de poesia.