A Casa da Música foi o local escolhido pelos God Is An Astronaut para a tour de apresentação do novo álbum “Epitaph”. Uma noite inesquecível para os muitos fãs que encheram o recinto.

Texto e Fotografia: Nuno Machado

O concerto marcado para as 22h deu tempo para que o amontoado de fãs se fizesse sentir desde muito cedo. Nada melhor do que um grande concerto Rock para terminar a noite.

A Sala 2 da Casa da Música encheu em poucos minutos. Pequenos e grandes, homens e mulheres, muitos foram os que quiseram marcar presença em mais uma aparição dos God Is An Astronaut em Portugal.

Desde que a banda irlandesa subiu ao palco, o público não mais parou. Um concerto bem diferente dos comerciais. Um rock diferente, tocado de forma diferente. Com uma timidez que se escondeu sempre por detrás dos focos e do grande espetáculo de luzes, poucas foram as vezes em que Torsten Kinsella mostrou a cara. Um rock mudo que só deu cor à voz do mentor do projeto nas poucas vezes em que falou, entre músicas.

A triste recordação do falecimento do primo de Kinsella não foi esquecida. Nem durante a produção deste álbum, que lhe presta uma sentida homenagem, nem durante o concerto quando anunciou “The End Of The Beginning”. O público está com a banda e delira.

  
 

Niels Kinsella e Lloyd Hanney completam a tripulação desta “nave espacial” que viaja a partir de Glen of the Downs, à volta do mundo, e são a prova de que não são precisos muitos elementos para ter sucesso.

Voltamos ao passado, quando em 2008 partilharam o palco com os portugueses Linda Martini. Memórias bem recebidas por muitos que tiveram igualmente o prazer de ter marcado presença no Santiago Alquimista.

Mais uma missão cumprida. Mais um conjunto de fãs satisfeitos. Venha agora a próxima vista!

Galeria completa AQUI.