Política de Pontos

  1. Enquadramento:

A Imagem do Som é um órgão de comunicação social com acesso a acreditações para eventos que ocorram em território nacional e, excecionalmente, no estrangeiro.

Os colaboradores da “Imagem do Som” são os repórteres de texto, imagem e vídeo a quem são concedidas essas acreditações, para que façam a cobertura do evento em nome e por conta da Imagem do Som, para respetiva publicação no site e divulgação nas redes sociais.

Cada colaborador tem a liberdade de escolher o que lhe interessa reportar, e a “Imagem do Som” tem a liberdade de selecionar entre diversos interessados os mais qualificados para cada evento.

A inscrição de cada colaborador para um evento é movida pelas suas preferências pessoais e disponibilidade logística.

A seleção efetuada pela “Imagem do Som” tem em consideração uma multiplicidade de fatores, que envolvem a análise da qualidade do trabalho de cada um, a ponderação do tempo de resposta na respetiva entrega, a valorização de comportamentos responsáveis e a penalização de atitudes remissas.

 

  1. Responsabilidade:

Sempre que a Imagem do Som beneficia de credenciais para eventos constitui-se numa tripla responsabilidade: para com o promotor, para com o artista e para com o publico.

Esta missão só pode ser devidamente cumprida através da participação responsável de cada colaborador credenciado.

Nessa medida, apenas deverão inscrever-se para a cobertura de um evento os colaboradores que possam assumir antecipadamente o compromisso de estarem presentes nesse evento, e de executarem com profissionalismo as tarefas para as quais se voluntariaram.

De igual forma, sempre que, por imprevistos incontornáveis, seja impossível um colaborador assegurar um compromisso assumido, essa indisponibilidade deve ser de imediato comunicada à “Imagem do Som”, para que seja assegurada a substituição, e nada falhe.

De cada vez que é emitida uma credencial não utilizada, a Imagem do Som falha perante o promotor, o artista e o público, e agrava as dificuldades na obtenção de credenciais ulteriores.

A reputação demora a construir e destrói-se num instante.

 

  1. Qualidade, Assiduidade e Pontualidade:

A Imagem do Som aposta na qualidade crescente dos textos, das imagens e dos vídeos, a par com a cobertura da maior amplitude possível de eventos, dentro do vasto especto musical que abrange.

A avaliação qualitativa de cada trabalho é efetuada de forma continua pelos responsáveis deste órgão de comunicação social, pelos promotores, pelos artistas e pelo público. Por vezes é impiedosa, por vezes é magnificente. A Imagem do Som sabe que escrever, fotografar e filmar são em si mesmas formas de arte, e que os voluntários são sempre os melhores profissionais, porque os move o amor e não o interesse.

A presença nos eventos suscita assimetrias entre aqueles para os quais abundam os pedidos de credenciais, e aqueloutros para os quais esses pedidos são omissos. E defronta-se com imparidades entre colaboradores com incumprimentos reincidentes, e outros que conseguem fazer mais e melhor do que seria expectável.

O prazo de entrega dos trabalhos é da máxima relevância para quem gere a dinâmica da Imagem do Som, porque permite escolher o momento mais adequado à respetiva publicação, e as redes sociais a ativar. Tudo quanto se destine ao Instagram tem um imediatismo evidente, as reportagens sobre concertos que se realizam em dias seguidos não podem ser ultrapassadas pelas subsequentes, e as entrevistas têm que ser contextualizadas com o que lhes deu causa.

Ora, por um lado a Imagem do Som tem que ponderar todas estas variáveis e, por outro lado, cada colaborador tem que saber de que forma pode valorizar a sua prestação.

Para esse efeito, a “Imagem do Som” entendeu implementar uma política de pontuações, de acordo com os critérios a seguir especificados.

 

  1. Pontuação:

A pontuação é atribuída a cada colaborador efetivo, por cada evento, da seguinte forma:

  1. na efetiva cobertura de cada concerto, o colaborador soma 1 ponto;
  2. na inscrição para cobertura de um concerto, seguida de desmarcação antes do envio do pedido de acreditação pela IdS ao promotor, o colaborador subtrai 1 ponto;
  3. na inscrição para cobertura de um concerto, seguida de desmarcação depois do envio do pedido de acreditação pela IdS ao promotor, o colaborador subtrai 2 pontos
  4. na inscrição para cobertura de um concerto, seguida de desmarcação depois da concessão da acreditação pelo promotor à IdS, o colaborador subtrai 3 pontos;
  5. na inscrição para cobertura de um concerto, seguida de desmarcação depois da concessão da acreditação pelo promotor à IdS e sem substituição, o colaborador subtrai 4 pontos.

 

Por outro lado, em caso de falta do colaborador efetivo, a pontuação é atribuída a cada colaborador substituto, por cada evento, da seguinte forma:

  1. na substituição para cobertura de um concerto que o efetivo desmarcou antes do envio do pedido de acreditação pela IdS ao promotor, o colaborador substituto soma 2 pontos;
  2. na substituição para cobertura de um concerto que o efetivo desmarcou depois do envio do pedido de acreditação pela IdS ao promotor, o colaborador substituto soma 3 pontos
  3. na substituição para cobertura de um concerto que o efetivo desmarcou depois da concessão da acreditação pelo promotor à IdS, o colaborador substituto soma 4 pontos;

 

Os seja, todos os pontos que são subtraídos a quem falha, são acrescentados a quem colmata essa falha.

 

Recorda-se que todas as reportagens (texto, fotografias e entrevistas) devem ser enviadas por cada colaborador à Imagem do Som até 24 horas depois do evento.

Por cada dia depois desse prazo sem enviar o trabalho, o colaborador subtrai 1 ponto.

 

Assinala-se que, em festivais, cada dia corresponde a um evento para todos os efeitos: quer de assiduidade, quer de prazo de entrega.

 

  1. Acumulação de Pontos:

Sempre que haja vários colaboradores inscritos para um evento, aquele que tiver maior pontuação terá preferência sobre os restantes.

A escolha dos colaboradores para cobertura de festivais ponderará sempre a pontuação dos candidatos.

O somatório de pontos poderá determinar a atribuição de bónus.

A reincidência na subtração de pontos poderá determinar a exclusão da cobertura de eventos.

A capitalização de pontos de substituição poderá determinar a atribuição da cobertura de eventos.

 

  1. Objetivos:

A Imagem do Som é uma entidade sem fins lucrativos, e que prossegue um objetivo público de divulgação da música com expressão em território nacional. Para esse efeito conta com voluntários de excelência na redação, fotografia e vídeo, que são a alma deste órgão de comunicação social, e marcam a sua diferença relativamente aos congéneres.

Este regulamento serve o propósito essencial de assegurar a transparência nas relações entre a Imagem do Som e cada um dos colaboradores, em benefício reciproco.

Adicionalmente, aponta para uma ampliação do leque de cobertura de eventos, e uma melhoria da eficiência de resposta.

A Imagem do Som está permanentemente aberta ao diálogo e recetiva às sugestões de todos os colaboradores.