Loading...
DESTAQUESNOTÍCIAS

Sérgio Godinho: a celebração da “Liberdade” pela estrada fora

Sérgio Godinho

Sérgio Godinho vai celebrar a “Liberdade” com vários concertos nas festividades que assinalam o 25 de abril de 1974 e ainda com uma exposição em Grândola.

É frequentemente referido com um dos seus livros favoritos, “Pela estrada fora” de Jack Kerouac, e sem sombra de dúvida é também uma expressão que define bem a vida e obra, inquietas, de Sérgio Godinho. Em abril é já habitual ter a agenda sobrecarregada com a participação em eventos relacionado com as comemorações do 25 de abril de 1974 mas este ano os motivos são os mais variados. Assim:

  • dias 22 e 23 de abril: Sérgio Godinho levará o espectáculo “Liberdade” até ao Norte do país, mais concretamente ao Auditório Municipal de Gondomar e ao Teatro Municipal de Vila do Conde, para apresentação do concerto estreado quando da passagem do 40º aniversário da revolução de Abril;
  • dia 24: o destino é a freguesia de Alhos Vedros, Moita, na companhia de Jorge Palma para o concerto  “JUNTOS” em que fazem um percurso pelos temas que há muito são a banda sonora das nossas vidas;
  • dia 25: a vila alentejana de Mora receberá “Liberdade” para um comemoração ao final da tarde, numa autêntica matinée revolucionária;
  • dia 28: é “Coração Mais Que Perfeito”, a sua mais recente publicação literária, que justifica a viagem até ao Algarve, mais concretamente até à Biblioteca Municipal Vicente Campinas, em Vila Real de Santo António, para uma conversa/apresentação integrada no ciclo “Sinónimos de Leitura”;
  • dia 29: serão os “Dias da Música” que levarão Sérgio Godinho até ao Centro Cultural de Belém para duas acções no âmbito do evento deste ano que tem o subtítulo “As Letras da Música” – a primeira, às 18H00, uma conversa com o jornalista Nuno Galopim; a segunda, às 22H00, um concerto, já esgotado, na companhia do pianista Filipe Raposo, músico com quem Sérgio tem colaborado ao longo do último ano e cuja parceria foi recentemente distinguida com o “Sophia 2017” para Melhor Canção Original atribuído pela Academia Portuguesa de Cinema;
  • dia 30: a inauguração da exposição “Sérgio Godinho – Escritor de Canções” promovida C.M de Grândola e que estará patente nos Antigos Paços dos Concelho até 29 de Outubro. Uma ideia da Divisão de Cultura e Desenvolvimento Social local e que mobilizou em seu torno nomes como Anabela Mota Ribeiro, Jorge Palma, Nuno Galopim, Capicua, Nuno Artur Silva, Viriato Teles ou João Carlos Callixto que contribuíram para a brochura de 120 que será publicada e que incluirá, para além de notas biográficas, texto originais e imagens inéditas. Para assinalar a abertura, será ainda promovido um espectáculo musical com artistas locais com o título “O Elixir da Eterna Juventude – Canções de Sérgio Godinho revisitadas por artista de cá”. Uma forma dinâmica de homenagear o “escritor de canções”.