Xutos & Pontapés abrem noites do Arena Live no Casino de Lisboa

179
© Jorge Pereira

A formação de Tim, Kalu, Gui, João Cabeleira e Zé Pedro subiu ao palco do Arena Lounge na recta final da Tour deste ano e em vésperas de lançar “Duro”, novo disco de originais. No 1º ano sem a precisa física do seu fundador, a banda resgatou alguns clássicos, em antecipação àquele que será o seu concerto de final de tour: na Academia Dramática Familiar.

O nome pode soar estranho para muita gente mas, a Academia Dramática Familiar foi a casa da banda durante largos anos. Os Xutos & Pontapés ensaiavam e chegaram a gravar nesse espaço em Pedrouços temas como Gritos Mudos e Barcos Gregos. Esses dois temas surgiram logo na recta inicial do concerto, para delírio dos aficionados que lotavam o Casino de Lisboa. De “Duro” escutou-se logo de seguida “Mar de Outono”, aquele que será, segundo Tim, “o primeiro single do novo trabalho”. Uma balada profunda, onde somos levados pela guitarra de Zé Pedro (presente através de motronomo) balançada com a de João Cabeleira.

© Jorge Pereira

Zé Pedro partiu quase há um ano mas continua bastante presente. Na falta imensa que a sua presença física faz (muito dificilmente veremos um outro português tão animal de palco como ele se tornou), na falta que a sua guitarra ritmo faz (especialmente em temas como Chuva Dissolvente, Privacidade), nas letras que escreveu, nas citações de Tim ao longo dos espectáculos, na força da banda. “Remar, Remar / Forçar a corrente” foi entoado já com as vozes dos espectadores ensaiada, que prosseguiram em “Homem do Leme”, “Contentores” e “Maria”.

A banda voltou para um encore vibrante ao som de “Não Sou O Único”, “Ai Se Ele Cai” e “Casinha”. Pelo meio, Tim e João Cabeleira fizeram a delícia dos fãs com a sua já habitual jam. O público não arredou pé e exigiu um último tema. Tim hesitou mas deu, de seguida, voz a “Para Sempre” num fechar de noite chuvosa em plena capital.

© Jorge Pereira
© Jorge Pereira

Segue-se o concerto em Pedrouços na próxima Quinta-feira (com lotação já esgotada) e “Duro”, que deverá ser lançado a 13 de Janeiro do próximo ano. O 14º trabalho de originais terá, ao que tudo indica, 13 temas, maior parte ainda feitos no decorrer de 2017 com a presença de Zé Pedro.

 

Xutos & Pontapésgaleria completa

 

Alinhamento do concerto:

  • À Minha Maneira
  • Chuva Dissolvente
  • Gritos Mudos
  • Barcos Gregos
  • Prisão em Si
  • Avé Maria
  • Circo de Feras
  • Mar de Outono
  • Privacidade
  • Esta Cidade
  • Remar, Remar
  • Superjacto
  • Homem do Leme
  • Contentores
  • Maria
  • Não Sou o único
  • Ai Se Ele Cai
  • Casinha
  • Para Sempre
Filho do Rock, tornou-se Imaginário após detectar uma gralha na reportagem do projecto no concerto dos Xutos & Pontapés no Dragão Caixa. De 2012 para cá, tornou-se amigo de Zé Pedro, já guiou o Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa pelos camarins do antigo Pavilhão Atlântico e transpõe todas essas experiências nas reportagens que faz. Sempre ao abrigo do verdadeiro Acordo Ortográfico e não do falsificado.