SCORPIONS ao vivo no Altice Arena

Os lendários Scorpions encerram em Portugal a primeira parte da "Rock Believer World Tour".
Scorpions ao vivo no Altice Arena

Muitos viram-nos pela primeira vez, alguns acompanhados pelos pais e outros pelos avós. Sim, a banda rock nº 1 da Alemanha foi formada na cidade de Hannover, em meados da década de 60, e dois dos mais antigos e importantes membros, Klaus Meine e Rudolf Schenker, são septuagenários. Sendo uma das mais importantes bandas hard/heavy metal das últimas décadas, influenciaram um sem número de outras, ultrapassam os 160 milhões de álbuns vendidos e somam mais de 5.000 concertos em 76 países.

O espectáculo de Lisboa integrou-se na “Rock Believer World Tour 2022” cuja primeira parte terminou na capital portuguesa e que, em Agosto, será retomada do outro lado do Atlântico, com concertos marcados no Canadá e Estados Unidos. Esta tournée, para além de comemorar os 50 anos do lançamento do primeiro álbum “Lonesome Crow” de 1972, apresenta o mais recente trabalho de estúdio, “Rock Believer”, gravado durante a pandemia.

Para além dos já referidos Klaus Meine (vocalista) e Rudolf Schenker (guitarra) os Scorpions contam nas suas fileiras, desde 1978, com o virtuoso Matthias Jabs (guitarra), desde 2004 com o polaco Pawel Maciwoda, e desde 2016 com o sueco de origem grega Mikkey Dee antigo baterista de King Diamond e Motorhead.

10 minutos depois da hora prevista cai o pano negro com o logotipo da banda que ocultava na totalidade o palco, para gáudio de uma multidão que quase encheu a Altice Arena. Com muita energia, luz e cor soaram os primeiros acordes de “Gas In The Tank”, tema do novo álbum “Rock Believer” seguindo-se “Make It Real” e “The Zoo”, dois clássicos que fazem regularmente parte do alinhamento da banda. Rudolf Schenker apesar da idade continua a ser o membro mais activo, correndo, saltando e fazendo as delícias dos fotógrafos.

A voz de Klaus Meine pode não ser a mesma de há 20 ou 30 anos, mas a energia e a entrega estiveram em palco, a par de algum cansaço. Felizmente os Scorpions contam com Mikkey Dee para criar alguns minutos de descanso enquanto o ex-Motorhead se diverte com um grande solo de bateria. Mais de hora e meia de concerto decorreu a voar, com exitos intemporais a serem cantados por um público conhecedor e que vibrou com “Send Me An Angel”, “Big City Nights”, “Blackout”, “Wind Of Change” adaptado em virtude da guerra na Ucrânia e “Still Loving You” já no encore.

Apesar da idade de alguns músicos, e de algumas declarações de que esta será a ultima digressão dos Scorpions, há quem acredite que, mais ano, menos ano, regressarão aos palcos. Vai uma aposta?

Galeria completa no


Set List:
Gas in the Tank
Make It Real
The Zoo
Coast to Coast
Seventh Sun
Peacemaker
Bad Boys Running Wild
Delicate Dance
Send Me an Angel
Wind of Change
Tease Me Please Me
Rock Believer
New Vision
Blackout
Big City Nights

Encore:
Still Loving You
Rock You Like a Hurricane

Texto: Sílvia Domingues
Fotografias: Jorge Pereira

Menu

Bem-Vindo(a)!