DSC_0064f_©JimHerrington

NOS Alive está de volta com a 15ª edição

O NOS Alive regressa ao Passeio Marítimo de Algés a 6, 7 e 8 de julho, para celebrar a 15ª edição. A primeira confirmação são os The Black Keys.

O NOS Alive regressa ao Passeio Marítimo de Algés, nos dias 6, 7 e 8 de julho, para celebrar a 15ª edição do Festival. A primeira confirmação do Festival são os norte-americanos The Black Keys.

Em julho de 2022, o NOS Alive recebeu 210 mil pessoas no Passeio Marítimo de Algés durante os quatro dias do Festival, para assistiram as 165 atuações divididas pelos sete palcos do festival: Palco NOS, Palco Heineken, Palco WTF Clubbing, Palco EDP Fado Cafe, Palco Comedia, Palco Coreto e Pórtico. A 14.ª edição recebeu 98 nacionalidades e 20 mil estrangeiros, que aproveitaram a oportunidade de virem ao NOS Alive para conhecerem o país pela primeira vez ou para o revisitarem.

A primeira confirmação da 15ª edição do Festival são os norte-americanos The Black Keys, que sobem ao Palco NOS no dia 6 de julho.

Com mais de vinte anos de carreira, os The Black Keys são Dan Auerbach e Patrick Carney, amigos de infância que vêm apresentar ao NOS Alive’23, o 11ª álbum, Dropout Boogie (2022), o mais pessoal da banda até ao dia de hoje, que confirma que quando a dupla entra numa sala sem distrações para além dos seus instrumentos, as músicas surgem instantaneamente. Sem nada escrito, saíram do estúdio 10 dias depois com um álbum quase pronto, considerado a melhor execução dos melhores instintos dos The Black Keys, num testemunho de dez músicas.

Auerbach comenta: “Foi muito fácil e não conversámos sobre isso antes. Estávamos a viver o momento, tocar música e a seguir o nosso instinto durante o tempo todo. Esta sempre foi a beleza que eu e o Pat fazemos. É instantâneo.

Embora se orgulhem dessa capacidade de trabalhar juntos instintivamente, ambos dizem que a experiência do álbum anterior, Delta Kream, lhes renovou a química. Foi a quinta estreia consecutiva da banda no top 10 da Billboard 200, alcançando novos picos na carreira dos The Black Keys em vários países, para além da nomeação ao Grammy de Melhor Álbum de Blues Contemporâneo em 2021.

Por pura coincidência, o lançamento de Dropout Boogie aconteceu um dia antes do vigésimo aniversário do álbum de estreia, The Big Come Up (2002), um dos mais aclamados da dupla. Recentemente, foram nomeados para o Grammy de Melhor Álbum Rock e Melhor Perfomance Rock.

Últimas Reportagens
Menu

Bem-Vindo(a)!