MUMI aposta na diversidade da programação para conectar as industrias musicais galegas e portuguesas

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Desde Verín, a primeira edição do MUMI promete fazer Historia, inaugurando um espaço de intercâmbio musical entre a Galiza e Portugal que as empresas, profissionais e artistas de ambos os territórios, levavam tempo a procurar. Já estão acreditados mais de 100 profissionais para participar nesta primeira edição onde foi hoje apresentado o programa que aposta pela diversidade de estilos nos 12 showcases que se celebrarão em distintas localizações da vila. O encontro propõe três dias cheios de oportunidades de conexões para profissionais e abre também uma parte das suas atividades e concertos ao público geral.

Programa de showcases profissionais
Na quinta-feira, as apresentações musicais para o público profissional começarão às 12:00 na sala 1 do Auditório com a proposta de Magín Blanco e A Banda das Apertas destinada ao público familiar. Às 13:30, na sala 2, o português Luca Argel seduzirá com o seu samba doce e intimista. E já pela tarde, às 18:30, nessa mesma sala, a cantautora galega Silvia Penide apresentará o seu novo trabalho.
 
Na sexta-feira, serão os galegos Ezetaerre que irão abrir a programação dos showcases às 12:00 na sala 1 do Auditório com o seu rap combativo. Às 15:13 Barry White Gone Wrong traz-nos uma proposta de rock, soul e rythm and blues com o som glamoroso, sexy e cheio de atitude. Às 17:00 o jazz de Xacobe Martínez Antelo Trío na sala 2 do Auditório; e para rematar esta jornada de concertos para profissionais, um casamento nas Bodegas Tapias Mariñán, da denominação Monterrei, ficando a parte musical a cargo da formação galega Oîma com uma proposta de música tradicional de composição própria, que liga os ritmos galegos com os de outras latitudes.

Atividades profissionais
Dentro da programação profissional, a feira propõe espaços no Auditório de Verín repartidos em distintos blocos ao longo das jornadas de quinta e o sexta para que tanto artistas como profissionais das áreas do booking, do management, ou dos espaços de programação, tenham a oportunidade de marcar encontros rápidos (speedmeetings) para se conhecerem, trocar propostas e iniciar colaborações.
 
Também no Auditório de Verín, desenvolver-se-ão 6 palestras à volta de temas de interesse para o sector musical. Na sexta está programado às 11:00 o tema Festivais: Criando experiencias à volta da música; às 16:00 falar-se-á das Diferentes fórmulas de apoio à música; e às 17:00 abordar-se-á O associacionismo na gestão musical. Na jornada de sexta, o IGAPE oferecerá às 11:00 uma sessão informativa sobre o Financiamento público à produção musical; às 13:00 falar-se-á de Booking internacional e às 16:00 o último modulo da feira oferecerá uma panorâmica sobre a situação das Salas de Concertos galegas e portuguesas e a possibilidade de tecer redes entre elas.
 
Concerto de Boas Vindas
Na quinta-feira às 19:30, o encontro abrirá as suas portas ao público geral num grande concerto de boas vindas, apresentado por Uxía e o cantor português Rui David, onde poderemos escutar propostas de música urbana que na parte galega se encargarão de representar o Neo Soul de Nastasia Zürcher e o Hip Hop de Dios ke te crew, e pela parte portuguesa, as excitantes rimas dos Dealema.

NOVAiDS White-01